FAMILIA MONTEVERDE

Fone: 55 21 2533-2323

A Esposa Esterzinha

Em 1º de maio de 1945 Bernardo Monteverde casou-se com Esterzinha, um ser especial e indispensável em sua vida. Esposa dedicada, cuidava e apoiava Bernardo em todas as circunstâncias. Uma verdadeira companheira, irradiando amor e zelo pelo marido que tanto amava.

Sobre a felicidade, dona Esterzinha costuma citar o poeta Vicente de Carvalho, lembrando que a felicidade está onde nós a pomos. De fato, o poeta Vicente de Carvalho escreveu (com certa melancolia) esses belíssimos versos: "Essa felicidade que supomos / Arvore milagrosa, que sonhamos / Toda arreada de dourados pomos, / Existe sim: mas nós não a alcançamos / Porque está sempre apenas onde a pomos / E nunca a pomos onde nós estamos.". Bernardo Monteverde e Esterzinha, contudo, sempre foram capazes de transformar sonhos em realidade,porque sempre trabalharam para cultivar a árvore milagrosa arreada de dourados pomos, os pomos das virtudes, sem deixar que a melancolia os abatesse.

Esterzinha se mostrou um ser especial, um complemento indispensável na vida de Bernardo, pois,além de companheira leal, passou a lutar a seu lado na direção da empresa.

Filhos, Noras e Netos

Overdadeiro tesouro de Bernardo Monteverde era traduzido na belíssima família constituída com sua esposa Dona Esterzinha. Como frutos de uma união de 52 anos, Bernardo e Esterzinha tiveram 3 filhos e 5 netos.

O filho primogênito Willian, brilhante advogado radicado em Teresópolis onde possui um escritório, Paulo também seguiu a carreira de Advogado e David, o terceiro filho do casal recebeu o nome do avo paterno.

Bernardo sempre foi um exemplo de homem, pai e avô para seus filhos e netos. Sempre ensinou a sua família os valores morais e espirituais que perpetuam até hoje.